Ícone da Visão

A cirurgia refrativa é um procedimento cirúrgico para corrigir erros de refração. Mas o que é refração? É justamente o fenômeno que ocorre quando um feixe de luz vindo de um ambiente externo penetra no globo ocular e forma a imagem. Quando essa imagem já não é tão nítida, existe um problema de visão, que pode ser miopia (dificuldade em enxergar de longe), hipermetropia (visão de perto comprometida), astigmatismo (distorção das imagens) e presbiopia (vista cansada). A cirurgia refrativa entra em cena para corrigir tais distúrbios e eliminar a necessidade de óculos ou lentes de contato.

O procedimento pode ser feito através de três métodos: Lasik, PRK ou Smile. A cirurgia é rápida e segura: o laser demora em média dois segundos para corrigir um grau, e a cirurgia é personalizada, pois o equipamento é capaz de corrigir as pequenas deformações de cada olho individualmente.

PRK – O epitélio (camada superficial do olho) é raspado e limpo com uma esponja para então receber aplicação do laser. É colocada uma lente de contato especial, que serve como curativo para facilitar a cicatrização da superfície. Leva sete dias para cicatrizar.
LASIK – Um aparelho corta a região da córnea ao redor da pupila e levanta a área recortada, chamada de flap, para que o laser (o mesmo do PKR) corrija o grau.
SMILE – Técnica mais moderna e segura. O laser da ZEISS atua diretamente na parte interna da córnea e há apenas uma pequena incisão – sete vezes menor que o corte feito no modo Lasik.

O SMILE é o LASIK sem flap e o PRK sem desconforto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *